Notícias

Newsletter Nº1                                                                                                                                          
30 Anos do Prémio em Portugal

Passados 30 anos da Fundação do Prémio no Porto, é com um misto de orgulho e saudade que constato o interesse, actualidade e mais-valia que continua a representar para os jovens.

O Prémio é tão actual nos tempos modernos como o foi na altura da sua fundação. Atrevo-me a dizer, mais necessário do que nunca, para fazer a diferença numa formação global.
 
Gostaria de deixar um desafio para os jovens das próximas décadas, que ousem ser menos egoístas e materialistas, e mais preocupados com o próximo, o ambiente, o desperdício a todos os níveis, tenham mais compreensão pelo outro, novo ou idoso. Que as próximas gerações de jovens sejam jovens de Valor e com Valores, deixando assim uma marca nas comunidades por onde passam.
 
Uma palavra de apreço a todos os Voluntários que nos permitiram chegar até aqui. Bem hajam!
 
A todas as Escolas, Colégios, Universidades e Instituições que acreditaram no Prémio, para que continuem a aceitar este grande desafio em prol de uma Juventude mais bem formada civicamente!
 
A todos os jovens que passaram pelo Prémio, que este tenha sido um capítulo divertido nas vossas vidas e que muito tenham aprendido, fazendo.
 
Faço votos para que o Prémio se prepare para mais algumas décadas e que continue a tocar a vida de todos os jovens que assim o desejarem.
 
Um agradecimento especial a todas as Direcções do Prémio que nos ajudaram igualmente a chegar até aqui.
 
Bem-haja a todos!
 
Dom Duarte de Bragança
(Fundador em Portugal e Presidente de Honra)

Boas vindas

Foi há mais de 12 anos que assumi a presidência do Prémio Infante D. Henrique. Na altura não tinha a percepção do que seria o meu envolvimento, do desafio que tinha pela frente e de quanto me orgulho de fazer parte desta tão grande organização!
 
Tive a oportunidade de começar numa fase estável financeiramente e onde não se vislumbravam sinais de crise. Tudo era mais fácil, não havia preocupações financeiras nem constrangimentos.
 
Em 2008, ano em que o Prémio comemorou 20 anos, fomos os anfitriões da 8ª Conferência Regional EMAS (Europa, Mediterrâneo e Países Árabes) que se realizou no Estoril e que foi um sucesso.
 
Ano em que se disponibilizou a mais de 250 jovens a nível nacional a presença em aventuras e projectos residenciais a bordo do Navio Escola Crioula e ainda uma presença internacional, novamente a bordo do Crioula na Regata dos Tallships em Itália.
 
Os anos a seguir foram de uma forte crise que abanou profundamente a nossa Instituição, conseguimos sobreviver e saímos da mesma mais fortes.
 
Entreguei milhares de Prémios ao longo destes anos, viajei alguns quilómetros para apoiar o Prémio de Norte a Sul e ainda fui diversas vezes à Ilha da Madeira.
 
Em 2017, organizámos a 10ª Conferência Regional EMAS, (Europa, Mediterrâneo e Países Árabes) na Madeira, novamente com muito sucesso.
 
Tenho assistido a um grande crescimento do Prémio a nível nacional após a crise, a uma profissionalização das estruturas do Prémio, à adopção de novas tecnologias, a novos desafios e confesso estar satisfeito e orgulhoso de tudo o que alcançámos.
 
Um ano após a comemoração dos 30 anos, regressaremos ao Porto, cidade onde tudo começou em 1988, para o relançamento dos “Amigos do Prémio”.
 
Em nome de toda a família Prémio, um agradecimento a todos os voluntários, por fazerem parte da nossa história.
 
A todos os jovens que passaram pelo nosso programa, espero que façam bom uso das competências adquiridas e que as amizades que fizeram, perdurem pelas vossas vidas…
 
Um forte agradecimento a SAR o Senhor Dom Duarte de Bragança, pela sua visão e preocupação pela formação integral da Juventude Portuguesa, tão actual nos tempos modernos.

Dr. Miguel Horta e Costa
(Presidente)

Imagem

Cerimónia na Câmara Municipal do Funchal
 
O Salão Nobre dos Paços do Concelho do Funchal, no dia 29 de Outubro, acolheu mais de 100 jovens madeirenses que receberam o Prémio a nível Bronze, Prata e Ouro.
 
A cerimónia, contou com a presença de S. A. R. Dom Duarte de Bragança, Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Dr. Paulo Cafôfo e da Vereadora da Educação, Dra. Madalena Nunes, para além dos muitos convidados.

Imagem

Cerimonia no Palácio de Valenças
 
O Palácio de Valenças, em Sintra, recebeu a cerimónia de entrega dos Prémios, nível Bronze e Prata a um grupo de alunos da Escola Secundária Ferreira Dias. A Monitora dos Jovens, Prof. Helena Freitas, destacou a importância da experiência “fora do âmbito da sala de aula na promoção do espírito de entreajuda e de grupo, permitindo testar as capacidades de orientação, de sobrevivência e de encontrar soluções para os obstáculos com que se deparam”.
 
Simbolicamente, a cerimónia traduz o reconhecimento do trabalho dos alunos no desenvolvimento das competências essenciais para as vidas destes, tais como persistência, compromisso, iniciativa, responsabilidade e desenvolvimento pessoal e social.
 
A cerimónia, contou com a presença de S. A. R. Dom Duarte de Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Eng.º Basílio Horta e do Dr. Miguel Horta e Costa, Presidente da Direcção da Associação do Prémio Infante D. Henrique, para além dos muitos convidados.

Imagem

Duas formações realizadas em 2018:
 
Formações de avaliadores na Quinta do Arrife, em parceria com a Casa Pia de Lisboa
 
Janeiro de 2018 realizou-se na Quinta do Arrife, da Casa Pia de Lisboa, nova formação para avaliadores.

Participaram cerca de 20 potenciais avaliadores, desde Professores, escuteiros, um técnico de um parque natural do Funchal e ainda um agente da PSP.  Existe um défice de Avaliadores a nível nacional e como tal são necessárias mais formações nesta área.


Imagem

Formação para novos Monitores – ISEL
 
Realizou-se em Maio deste ano, no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, (ISEL) nova formação para novos Monitores, de maneira a permitir uma expansão sustentável, indo ao encontro da procura e de forma a cumprir os requisitos da licença para os estabelecimentos de ensino. Participaram 28 formandos.
 
A apreciação global foi muito positiva, com mais de 75% dos participantes a considerarem-se “Satisfeitos” ou “Muito satisfeitos”.
 
“Os conteúdos do curso estavam excelentes, muito bem explicados “e “Muito importante, para a missão de um monitor” foram apenas dois dos comentários recebidos na apreciação dos conteúdos do Curso.

Algumas das Aventuras realizadas em 2018

Imagem


​A aventura para qualificação Bronze da Nobel International School Algarve, realizou-se na Serra de Monchique. No final, destaque para o prazer de mais um desafio superado!

Imagem

Participantes da Escola Secundária Ferreira Dias, de Sintra, realizaram a avaliação para nível Prata na Serra da Estrela. Um desafio mais exigente e que foi igualmente superado.

Imagem

​A Aventura Ouro, da Oeiras International School e com um grau de dificuldade mais elevado, foi na Serra de Gredos, em Espanha.

Um ano que termina cheio de actividades e de desafios!
 
Desde formações, visitas a Escolas, cerimónias de Prémios, ao lançamento dos Workshops dirigidos a Monitores e Avaliadores de forma a obterem mais ferramentas para que possam dar um apoio cada vez com melhor qualidade no terreno a todos os jovens do Programa.
 
Um ano em que foi promovida a utilização da plataforma internacional (ORB), em que se disponibilizou o filme animado internacional sobre o “Award” Prémio, de muita boa qualidade e se assistiu no final do ano à campanha internacional do “WORLD READY”.
Agradecimentos
 
Agradecer aos 3 voluntários que têm sido incansáveis no apoio a toda a retaguarda do Prémio, o José Vasconcelos no apoio a toda a comunicação e não só, bem como o José Gomes Lopes no apoio informático e José Diogo Sotto Mayor. Aos três, os nossos sinceros agradecimentos por todo o apoio.
 
A todos os Voluntários, Monitores, Avaliadores e Formadores, um grande agradecimento em nome de toda a família Prémio. Bem hajam!
 
A todas as entidades, Escolas, Instituições e outros os nossos agradecimentos por mais um ano de apoio.
 
A todos os que nos apoiaram durante o ano:

  • Auroka                                                                                                        
  • Centro de Informação Geoespacial do Exército
  • Cision
  • Grupo Pestana     
  • KPMG
  • Morais Leitao
  • Olisipo
  • Pedra Amarela Campo Base

Bem hajam.

 Esta Newsletter passará a ter uma periocidade semestral, esperamos incluir nos próximos nºs histórias contadas pelos Monitores.